top of page
Guia prático de formulação de casos em terapia cognitivo-comportamental

A formulação de casos é uma ferramenta essencial para o tratamento clínico. Ela ajuda a entender o funcionamento dos pacientes, a reconhecer a complexidade e a heterogeneidade das apresentações clínicas a partir de uma perspectiva psicológica e teórica, com embasamento científico.

 

Este guia prático apresenta modelos de formulação de casos clínicos sob o enfoque da terapia cognitivo-comportamental. Embora exista algum acordo sobre seus elementos comuns, o conteúdo e a forma de apresentação dos diversos tipos de formulações são variáveis. Os profissionais podem e devem fazer formulações a partir do seu referencial teórico, pois as tecnologias e os conceitos específicos usados para desenvolvê-las podem mudar consideravelmente. Formulações que respeitam a individualidade orientam um plano de tratamento, e intervenções individualizadas são éticas, inclusivas e mais eficazes.

 

Pode o empirismo substituir o trabalho científico? Deve-se deixar guiar-se por protocolos inespecíficos para tratar as peculiaridades de cada caso? É aceitável formular a estratégia de tratamento sem preparo e treinamento específicos? Essas são algumas das reflexões levantadas para o ponto de partida desta obra, que evidencia que a formulação de casos é, de fato, uma habilidade clínica treinável. Além disso, mostra como é importante elaborar uma boa formulação, já que ela é capaz de antecipar os possíveis problemas e/ou obstáculos que possam surgir ao longo de todo o processo terapêutico.

 

Esta é uma obra que, além do supracitado, busca dar conta da ausência bibliográfica nacional acerca do assunto tratado ou, pelo menos, dar início as produções e/ou traduções de bibliografia que o abranjam e levem em consideração a realidade brasileira.

Guia prático de formulação de casos em terapia cognitivo-comportamental

SKU: 9786555710656
R$ 79,08Preço
    bottom of page